Cartas – Autoconhecimento na Prática

Certo dia, eu estava me preparando para fazer um exercício de autoconhecimento. Precisava escrever duas cartas para mim mesma. A primeira seria uma carta da criança que fui com 8 anos de idade e a segunda, a da senhora de 80 anos que um dia serei.
Mas eu tinha um problema: não tinha nenhum papel de carta. Resistências à parte (entendedores entenderão), uma folha de papel sulfite não ia deixar minha criança feliz.
Mas como sempre acontece uma mágica quando nos alinhamos com a nossa alma, nesse dia, Evinha, da La Pomme, disponibilizou na sua caixa de sorrisos papéis de carta comemorativos dos 8 anos da marca. (Gratidão, amora!!)
Papéis impressos, envelope na mão, mergulhei tão fundo nessa atividade que chorei como uma criança ao dar voz à Dudinha de 8 anos e receber o colo da avó que um dia me tornarei.
Está tudo aí no vídeo. Espero que essa sincronia te encontre aí bem onde você está no seu caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *