AUTOCONHECIMENTO É LIBERDADE

Essa é a definição, para mim.

Porque o ato ou a disposição para olhar para si é o que nos permite compreender nossas ações e reações e fazer escolhas mais condizentes com a nossa natureza.
Mas autoconhecimento não é um dom ou uma bênção que nos é concedida. Conhecer-se demanda tempo, dá trabalho, exige dedicação. Em parte, porque somos seres inquietos, estamos sempre mudando e é preciso atualizar a percepção que temos de nós mesmos. Em parte, porque ao olhar para dentro vamos precisar encarar também algumas partes nossas que preferíamos não ter (ou ser) e isso pode ser dolorido (quase sempre é).
Portanto para conhecer-se é preciso coragem, entrega e persistência. Mas, do meu ponto de vista, esse não é um preço muito alto para ser livre, concorda?!
Aí nos resta responder a última pergunta (já falei o que é autoconhecimento, porquê e para quê). E essa pergunta é: como?

E é aqui que eu queria chegar.

Existem inúmeras maneiras de ajustarmos a nossa lente para nos vermos melhor. Eu diria até que tudo o que acontece nas nossas vidas pode ser usado com essa função, e é sobre isso que quero falar no meu novo projeto. (uhuuu!)
Uma série de vídeos convidando você a por a mão na massa e experimentar algumas ferramentas e técnicas que uso no meu dia-a-dia para facilitar o processo de olhar para si. Meu objetivo é compartilhar o que costumo fazer e que dá certo na minha vida pessoal e no meu trabalho. Uma série bem prática, com muita arte e alguns insights, porque é assim que levo as coisas por aqui. Que tal?!
Gostou da ideia?
Então vamos juntas.

 

P.S. Os vídeos entrarão no ar sempre às quintas no canal do youtube e também no blog. Para não perder nada, me segue no Instagram. E se você ainda não assinou a minha lista de e-mail, aproveita a oportunidade porque vai ter surpresa exclusiva por lá.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *