(re)apresentação

Com a mudança de site o primeiro texto de apresentação que escrevi ficou sem casa. Então aceitei a sugestão da super designer Gouramani e transformei o texto nessa postagem aqui.


img_20140906_143818446

Olá, muito prazer. Eu sou Duda. Vim me (re)apresentar.

Sou mãe de menino. Parei a vida para maternar. Não foi uma pausa muito consciente, em princípio,  mas nessa parada percebi que o passado não me servia mais. Aproveitei para desfolhar, deixar cair o velho. Deixei-me morrer.

 

Morri para as ideias que tinha sobre mim mesma.

Morri para as ideias que os outros tinham sobre mim.

 

Abri mão das crenças e entendi que estivera no caminho certo desde o princípio. Nunca deixei de estar no meu próprio caminho, transformando-me ao caminhar.

E nessa jornada passei por muitos lugares, aprendi um tanto de coisas. Aprendendo com grandes mestras (sim eram todas mulheres), graduei-me Musicoterapeuta. Aprendendo com o corpo, estudei Biossíntese. Apaixonei-me pelos mitos e contos de fadas e mergulhei no universo Junguiano. Fui tão fundo que o caminho natural foi graduar-me, também, Psicóloga. Sonhei mais um pouco e fiz-me Arteterapeuta.

Pus a mão na massa e conduzi grupos de mulheres. Atendi muita gente. Fui até parar no sertão. Aprendi com todas as pessoas que passaram por minha vida. Ouvindo suas histórias, observando suas escolhas. Por vezes até ajudando em suas jornadas.

Fiz arte com tecido e linha, com tinta e papel, com lápis colorido. Aprendi com a intuição. Fiz tanta arte que até pensei em ser artista. Até que entendi que sou  artista, também, e com minha arte o trabalho fica mais bonito, mais gostoso e muito mais feliz.

Parei um tempo para ver o menino nascer. Para dar colo e amor, sentir cheiro de bebê, dar e receber carinho. Queria ver as mãozinhas crescendo, explorando o mundo. E as pernas ficarem firmes para correr.

 

Aproveitei esse tempo para renascer.

 

E dei amor e colo a mim mesma. Esperei o tempo necessário para as ideias ficarem firmes como as pernas do pequeno. Com novas sementes e brotos, com novas pernas e sonhos, chegou a hora voltar para o mundo. Devolver um pouco do tanto que recebi.

Foi assim que nasceu o Programa Travessia: uma síntese das minhas andanças em forma de um guia para quem quer se aventurar e encontrar o seu próprio caminho.

Bem-Vind@ à minha nova casa.

Com amor,

Duda

1 Comentário

  1. Gouramani disse:

    Duda, obrigada por aceitar a minha sugestão e manter esse texto na sua casa nova. Quando eu te encontrei nesse mundão online, foi lendo esse texto que eu fiquei maravilhada pensando na pessoa que podia estar por trás dele. E hoje eu sei que você é mesmo essa artista, terapeuta, mãe maravilhosa e heroína da própria vida. Gratidão por me ajudar na minha travessia. 🙂 <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *