Oxum

Tem uma história sobre Oxum que eu adoro!

É uma parte de seu mito e conta que, num certo dia, Oxum foi convocada para ir à guerra. E lá foi ela se trocar para estar bem vestida para a ocasião.

Acontece que Oxum demorou tanto se arrumando, perfumando, embelezando que quando ficou pronta, a guerra já tinha terminado.

Eu acho esse história muito sensacional.

Não sei você, mas eu sou ariana, sabe?  Áries, o signo, está relacionado com Ares, o deus da guerra. E ainda nasci numa terça-feira, dia de Marte, outro nome de Ares. Já entendeu o tamanho do problema?!

Pois é! Eu sou aquela que está sempre pronta para ir para a guerra. E com isso não quero dizer que sou brigona. Eu faço de um tudo para ficar fora de uma discussão (há quem pense o contrário!). Estou dizendo que eu estou acostumada a ir pro mundo e lutar pelo que acredito, pelo que quero, pelos meus sonhos…

Mas aí vem Oxum e diz assim: Senta aqui minha filha. Deixa eu arrumar seu cabelo. Se acalme, daqui a pouco você vai lá conquistar sei lá mais o que…

E quer saber; é muito bom ter o cabelo arrumado, tomar um banho demorado, usar um hidratante cheiroso e só sair do quarto quando a poeira já assentou.

Porque eu tenho aprendido que se conquista muita coisa quando se vai à luta. Mas também conquista-se muito quando sabemos quais lutas valem a pena. E tem um outro tanto de coisas que a gente só consegue quando pára de lutar.

E parar de lutar consigo mesma é uma arte. Arte das mais difíceis, porque nos coloca diante da escolha de se amar. Amar quem se é e fazer-se bela só pelo prazer de se embelezar.

Eita Oxum danada. Sempre nos mostrando que água tem tanto poder quanto fogo. Um poder diferente, maleável, nem um pouquinho menos poderoso.

Beijo e até a próxima semana.

Duda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *